28
Jul 10

 

 

 

A Grande Festa da Autonomia realizou-se no passado Domingo num novo local, a Herdade do Chão da Lagoa, mas a tradição manteve-se e cerca de 40 mil pessoas vieram festejar 35 anos de Autonomia, 35 anos de social-democracia.


A JSD Madeira voltou a marcar presença nesta festa popular mobilizando centenas de jovens de todos os concelhos da região, dando energia e colorido ao planalto.


Vânia Jesus, líder da JSD/M, apelou no seu discurso para a criação de “um Portugal diferente”, onde os jovens se sintam realizados e com condições para trabalhar. A líder “jota” incentivou a nova geração para a luta pela sua autonomia, criticando aqueles que olham para a autonomia madeirense com complexos.


Alberto João Jardim, Presidente do PPD/PSD Madeira, direccionou o seu habitual discurso para críticas ao Governo Central, aos Partidos da Oposição do parlamento madeirense e para alguns órgãos de comunicação social.


A Festa Popular do PPD/PSD continuou com a actuação do reconhecido cantor Tony Carreira e muita animação pelas 57 barracas e espaços de diversão.


JSD MADEIRA – Viver em Autonomia pela Nova Geração!

publicado por JSDMADEIRA às 11:24

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
23
24

25
26
27
29
30
31


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds