10
Mai 10

O Programa de Arrendamento Jovem “Porta 65”, que desde 28 de Janeiro de 2010, conta com novas regras de candidatura http://www.governo.gov.pt/pt/GC18/Governo/ConselhoMinistros/ComunicadosCM/Pages/20100128.aspx, tem as suas “portas fechadas”, para novas candidaturas, que supostamente teriam de decorrer no mês de Abril.

 

Segundo a Portaria 1515-A/2007, no seu artigo 17.º, as candidaturas iniciam-se durante quinze dias, nos meses de Abril, Setembro e Dezembro. Chegados à primeira dezena de Maio, milhares de potenciais jovens arrendatários, ainda não puderam formular a sua candidatura, que já deveria ter de ocorrido em Abril passado.

 

Impossibilitadas estão igualmente as renovações das candidaturas de Abril de 2009, que enquanto o Governo não abrir a nova fase de candidaturas, elas não se formalizam.

 

Recorde-se que a Habitação Jovem, tem sido uma das áreas em que é possível denotar o desinvestimento do Governo na Juventude e as consequentes reduções nos orçamentos e programas de apoio. Se em 2007, gastou-se 65 milhões de Euros, em 2009 a Secretaria de Estado do Ordenamento e do Território gastou 16,5 milhões de Euros, o que traduz uma redução de 70% por parte do Governo na Habitação!!!

publicado por JSDMADEIRA às 10:10

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
26
27
28

30
31


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds