19
Ago 09

 

É já a partir do ano lectivo 2009/2010, que as escolas da Região vão estar dotadas de um sistema de videovigilância, assim como, o cartão electrónico do aluno será generalizado em todas as escolas.

Esta implementação de sistemas electrónicos de serviços nas escolas é uma medida muito positiva que, ao longo dos anos, tem sido levada a cabo pela Secretaria Regional da Educação e Cultura (SREC).

A JSD Madeira congratula-se com o facto de a videovigilância ser um dos objectivos da SREC, pois esta surge na sequência de uma proposta desta estrutura num documento apresentado ao Dr. Francisco Fernandes, Secretário da Educação, denominado ‘Melhor Educação, Mais Segurança’.

É uma medida que vai, também, de encontro à reivindicação do reforço do projecto ‘Escola Segura’ que a JSD/M sempre defendeu como forma de termos escolas em que a segurança esteja assegurada para todos os que a frequentam.

Em relação ao cartão electrónico, a JSD/M continua a propor que, nos serviços previstos no cartão possa também estar contemplado o pagamento das impressões que os alunos efectuam na escola e que o custo das impressões seja variável de acordo com o escalão social do aluno.

aqui a notícia relativa a este assunto.
publicado por JSDMADEIRA às 09:35

13
Ago 09

 

É já a partir de Janeiro de 2010, que a idade máxima para pedir o Cartão Jovem vai ser de 30 anos, em vez dos actuais 25.

Esta alteração dá-se na sequência da União Europeia ter fixado o limite de 30 anos, para que os jovens possam aceder iniciativas públicas.

A JSD Madeira mostra-se satisfeita com esta medida pois este cartão tem uma grande variedade de benefícios, tais como descontos em transportes, salas de cinema, pousadas de juventude, na área da cultura, desporto e em eventos lúdico-recreativos de Verão.

No entanto, face à mudança da conjuntura do País em que os jovens ganham a sua autonomia cada vez mais tarde, é preciso que surjam mais medidas como esta, que proporcionem incentivos aos jovens a ter mais espírito de iniciativa nas diversas áreas.

Neste sentido, é preciso continuar a lutar para que este limite de idade seja extensível a outras iniciativas. O aumento da idade limite para aceder a diversas iniciativas destinadas a jovens tem sido sempre uma bandeira da JSD Madeira, nomeadamente, na questão dos transportes e do arrendamento jovem, pelo que consideramos esta medida agora anunciada, um avanço muito positivo.

Poderás consultar aqui esta notícia.
publicado por JSDMADEIRA às 11:12

12
Ago 09

 

Decorre, hoje, o último dia da iniciativa Roteiro Jovem, organizada pela JSD Madeira para comemorar o Dia Internacional da Juventude.
 
Este roteiro foi demonstrativo da dinâmica, inovação e da mobilização que é característica da JSD por toda a Região. Foi uma acção que ficou marcada pela responsabilidade, assim como, pelo trabalho político e sério que tem sido marca desta organização.
 
Com criatividade, a JSD apresentou e defendeu as políticas desta nova geração que é e será sempre uma prioridade!
 
A principal preocupação da JSD com esta iniciativa, a exemplo de tantas outras que tem efectuado, é estar permanentemente no terreno na defesa intransigente dos interesses da juventude.
 
Contem com esta nova geração, com a JSD.
 
Continuaremos a escutar a nossa juventude, os seus anseios, as suas expectativas, procurando soluções de modo a mudar e ultrapassar o momento difícil que atravessamos a nível nacional.
 
SEGUE A NOVA GERAÇÃO, SENTE A TUA REGIÃO!
publicado por JSDMADEIRA às 12:11

 

Hoje, Dia Internacional da Juventude, no âmbito do encerramento da acção do Roteiro Jovem, a JSD como estrutura política de juventude que sempre pautou a sua acção pela política de proximidade e de interesse pelos problemas e inquietações dos jovens, não poderia deixar de sublinhar publicamente a sua preocupação pelos destinos das políticas de juventude e do verdadeiro estado da juventude em Portugal.
 
Hoje, não existe política de juventude em Portugal, pois os jovens e as políticas de juventude passaram 4 anos relegados para segundo plano pelo Governo da República por mãos do Partido Socialista. Uma situação inaceitável, especialmente num dos momentos mais difíceis e de maior necessidade das novas gerações após a instauração da Democracia do nosso País.
 
Não podemos admitir que os problemas que afectam hoje directamente os jovens continuem a ser secundarizados.
- Hoje, mais do que nunca, os jovens enfrentam o desespero do desemprego para o qual o Governo apregoa medidas infelizmente de efeitos nulos.
- Na actual conjuntura os jovens adiaram a sua autonomia, especialmente na ausência de incentivos à habitação, quer na modalidade de arrendamento ou mesmo de habitação própria.
- Os problemas sociais e as desigualdades agudizaram-se fruto da ausência de uma política que premeie a justiça social e que possa desviar os jovens de outros caminhos.
 
Neste dia da Juventude, a JSD/Madeira não pode deixar de denunciar o facto de os jovens madeirenses continuarem a ser tratados como portugueses de segunda e dizer que se acabe de uma vez por todas com o silêncio em áreas vitais do desenvolvimento e da qualidade de vida da nova geração jovem:
- Urge Resposta para os preços Exorbitantes dos transportes aéreos para os estudantes deslocados;
- Urge Resposta para um sistema educativo regional mais próximo e adequado à realidade regional;
- Urge resposta para o ensino de qualidade e para a preparação de quadros em função do mercado de trabalho;
- Urgem respostas sérias para reverter o crescente número de desempregados jovens;
- Urgem medidas para uma maior participação e democracia igualitária para todos, porque ainda vivemos num País que hoje nega o exercício do voto a alguns cidadãos, nomeadamente aos jovens das Regiões Autónomas que por motivo de estudos não se encontram na Região.
 
Por tudo isto, neste dia Dia Internacional da Juventude, a JSD apelou  a que a Juventude não se conforme e procure demonstrar o seu desagrado, deixando bem claro aos políticos e governantes em Portugal que queremos um Governo activo, com estratégia, com políticas para a juventude.
 
É preciso uma nova atitude que permita mudar o País, e essa mudança passa pela JUVENTUDE
publicado por JSDMADEIRA às 12:06

11
Ago 09

 

O penúltimo dia do Roteiro Jovem da JSD Madeira foi dedicado à Educação, mais precisamente ao Ensino Superior.
 
A JSD Madeira e o Núcleo de Estudantes Social-Democratas de Lisboa (NESD) estiveram reunidos com responsáveis do Gabinete de Acesso ao Ensino Superior (GAES).
 
Junto do GAES, a JSD Madeira procurou saber como decorreram as candidaturas dos estudantes madeirenses ao Ensino Superior, quais as principais dificuldades com que ainda se deparam quando se candidatam e que ajudas procuram junto do Gabinete.
 
A JSD e o NESD Lisboa aproveitaram esta reunião para apresentar algumas preocupações e problemas que ainda se deparam os estudantes madeirenses que escolhem sair da Região, para tirar a sua formação, por opção ou por não existir na Região a área vocacional. Manifestaram, ainda, algumas das inquietações e propostas fundamentais para a melhoria do ensino e da situação dos estudantes madeirenses deslocados.
 
Neste sentido, o NESD Lisboa, atento à situação dos nossos estudantes, apresentou o ‘‘Dossier dos Estudantes de Lisboa’. Este dossier foi um trabalho realizado por este núcleo e pretende sistematizar um conjunto de problemas que enfrentam os estudantes Madeirenses do Ensino Superior.
 
De algumas das matérias abordadas no dossier, aproveitou-se a reunião de hoje para falar mais precisamente nos seguintes temas: Acção social; Atribuição das bolsas; Residências; Casas da Madeira; Transportes Aéreo e Marítimo; Empreendedorismo.
 
Este é um trabalho que o NESD Lisboa pretende, conjuntamente com a estrutura da JSD Madeira, ir aprofundando e melhorando o dossier, assim como, lançar um inquérito online aos estudantes. O objectivo é ter um levantamento rigoroso e acompanhamento das necessidades, expectativas e sobretudo apresentar soluções.
 
JSD Madeira - a dar voz a todos os estudantes madeirenses!
publicado por JSDMADEIRA às 20:30

10
Ago 09

 

Emprego foi o tema de hoje do Roteiro Jovem da JSD Madeira.
 
Fruto da conjuntura económica e financeira mundial o desemprego tornou-se num dos principais problemas sociais que assolam o mundo e em especial os países ocidentais.
 
Numa acção política que incluiu visita a uma empresa, a JSD/Madeira reforçou a sua preocupação com o desemprego e especialmente o desemprego jovem, sobretudo àqueles que, após a aposta na sua formação, no momento de conseguir emprego vêm goradas as suas oportunidades. Não faltou, também, a referência ao papel das políticas activas de emprego na Região que têm sido obtidos muitos sucessos junto dos jovens, como é o caso do Programa de Apoio a Desempregados Empreendedores.
 
A JSD Madeira apresentou recentemente um pacote de medidas que visam contribuir para atenuar a grave crise que os jovens têm enfrentado ao nível do emprego. Assim, uma das ideias centrais do documento apresentado consistia no reforço da divulgação de programas de mobilidade para o emprego ao nível europeu e internacional. É importante que hoje os desempregados e especialmente os jovens à procura do primeiro emprego possam recorrer às oportunidades e ofertas de emprego que possam existir especialmente no espaço europeu, bem como noutros países do mundo.
 
Neste sentido a JSD Madeira, para além das restantes medidas que tem vindo a anunciar como fundamentais na área da empregabilidade, apresentou hoje mais uma que consiste para informação mais acessível sobre programas e oportunidades de emprego -  a Criação de um Manual de Mobilidade para o Emprego. Este manual seria um instrumento essencial para a divulgação dos programas de emprego junto dos desempregados, escolas profissionais e Universidades.
 
JSD Madeira - a nossa Marca!
publicado por JSDMADEIRA às 21:09

09
Ago 09

 

 
 
Para o terceiro dia do Roteiro Jovem, a JSD Madeira escolheu a área Social, mais precisamente o tema do voluntariado jovem.
 
Tem sido sempre preocupação da JSD, em todas as acções de cariz social, incutir nos mais jovens a responsabilidade e solidariedade social para com os outros.
 
Neste âmbito, foi apresentada a proposta da JSD de criar em todos os Concelhos da Região, grupos de voluntários da JSD, em várias áreas.
 
Para a concretização desta proposta, já têm sido feitas várias reuniões de trabalho, nomeadamente, com a Casa do Voluntário que se disponibilizou a dar formação a estes jovens. Numa primeira fase, formação sobre noções básicas do voluntariado e, posteriormente, formação mais específica em áreas prioritárias.
 
A JSD Madeira pretende, também, criar uma ‘base de dados’ de voluntários para as diferentes áreas de intervenção. O objectivo é ir mais longe e se possível apostar no voluntariado em áreas especializadas (advogados, informáticos, assistentes sociais, psicólogos, professores, enfermeiros, gestores, electricistas, administrativos, entre outros).
 
É, ainda, intenção desta estrutura articular com a Secretaria Regional dos Assuntos Sociais e com a Casa do Voluntário as áreas/instituições com maiores necessidades de intervenção. Desta forma a JSD Madeira estará a contribuir para uma melhor sociedade e para o desenvolvimento da nossa Região.
 
Sempre por mais e melhor – JSD Madeira!
publicado por JSDMADEIRA às 22:11

08
Ago 09

 

A habitação foi o tema escolhido para o segundo dia do Roteiro Jovem. Os jovens têm, nesta área, uma das suas grandes preocupações e por conseguinte esta é também uma das preocupações da JSD Madeira.
 
Numa altura em que o acesso ao crédito bancário para aquisição de casa própria é extremamente difícil para todos os portugueses e em particular para os jovens, por força do aumento significativo dos spreads, torna-se, na nossa perspectiva, fundamental proporcionar apoios aos jovens, de maneira a que o arrendamento seja, de facto, uma alternativa viável.
 
Na habitação, o programa de arrendamento jovem implementado, Porta 65, em vez de abrir a porta de uma habitação a mais jovens acabou por fazer precisamente o contrário, inviabilizando a muitos jovens a possibilidade de se tornarem autónomos em termos habitacionais.
 
Em virtude da evidente ineficácia deste programa, nos seus moldes actuais, a JSD Madeira defende que devem ser introduzidas as seguintes alterações:
  • Alargar a idade máxima de candidatura até aos 35 anos
  • Aumentar de duas para quatro o nº máximo de renovações
  • O valor do apoio deve variar em função dos rendimentos dos arrendatários e não decrescer automaticamente de ano para ano
Por outro lado, consideramos que é fundamental introduzir deduções à colecta em IRS para as despesas de habitação, quer em termos de aquisição de habitação própria, quer em termos de arrendamento, de maneira a facilitar o acesso dos jovens àquele que é um direito consagrado na Constituição da República Portuguesa.
 
 
JSD Madeira - a pensar em ti!

 

publicado por JSDMADEIRA às 12:00

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds