13
Out 09
Após a vitória nas Eleições Autárquicas, Miguel Albuquerque, Presidente da Câmara Municipal do Funchal (CMF) apresentou já uma alteração nos pelouros a serem instituídos neste mandato. A grande novidade é a criação do pelouro da Juventude, que ficará sob a tutela da Drª Rubina Leal, que detinha já a área social.
 
A JSD Madeira tem vindo a defender no conjunto de propostas para os Municípios da RAM, a introdução do Pelouro da Juventude nas pastas a atribuir aos vereadores e mostra-se satisfeita com a introdução desta área pelo Município do Funchal. Entendemos que poderia ser alargado aos restantes concelhos da Região, como forma de aproximar mais os jovens das lides autárquicas e incutir neles uma vontade de trabalhar e contribuir com ideias em prol do seu município.
 
O objectivo desta alteração agora efectuada pela CMF é contribuir para um maior incentivo à participação dos jovens no trabalho social, da cultura e do ambiente, nomeadamente, através da celebração de um protocolo com a Fundação Infante D. Henrique.
 
A área da Juventude surge assim como um reforço importante ao trabalho que a CMF tem vindo a desenvolver juntos dos munícipes e como uma prova de valor de que a aposta nos jovens é essencial para o desenvolvimento de um Concelho.
 
 
Juntos… pela Juventude da Madeira!
publicado por JSDMADEIRA às 16:17

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds