08
Jun 09

 

O PSD venceu as eleições para o Parlamento Europeu com 31, 7% dos votos e com oito deputados eleitos. A grande derrota destas eleições vai para o PS, que com 27.6% dos votos, elegeu sete deputados.

Na Região, a vitória laranja foi notória com o PSD a alcançar 52,5% dos votos. Nuno Teixeira, o candidato do PSD Madeira ao Parlamento Europeu está, assim, eleito para representar a Madeira no Parlamento Europeu. O candidato agradeceu a confiança que lhe foi depositada pelo PSD/M, mais precisamente pelo Presidente do Partido, a ajuda dos militantes e os votos do povo.

Alberto João Jardim também proferiu algumas palavras de agradecimento a todos os que colaboraram e ajudaram na campanha, especialmente à JSD Madeira que foi incansável nesta luta e no apoio demonstrado ao PSD e ao candidato madeirense, Nuno Teixeira.
 
É com enorme satisfação que a JSD/M vê este resultado eleitoral pois, segundo Vânia Jesus, esta «derrota é maior para José Sócrates do que para o candidato Vital Moreira». Nestas eleições, é evidente que os portugueses deram uma «resposta clara ao descontentamento que se vive no País».

Continuaremos a lutar e estamos empenhados para contribuir para mais duas vitórias eleitorais neste ano!
publicado por JSDMADEIRA às 11:02

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28
30


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds