12
Mai 09


 

Na próxima Quinta-Feira, a proposta da JSD/Madeira relativa à alteração do subsídio de mobilidade no âmbito dos serviços aéreos entre o Continente e a Madeira estará em discussão, na Assembleia Legislativa da Madeira, por intermédio da deputada do PPD/PSD e líder da JSD/Madeira, Vânia Jesus.

A proposta da JSD consiste na atribuição do subsídio através de um cálculo percentual do custo total das viagens. Ao invés da tarifa fixa, a JSD/M defende um reembolso de 50% do valor total da viagem para residentes, o qual deve ser majorado em 15% para os passageiros estudantes, residentes e deslocados, em quatro viagens de ida e volta por ano lectivo.

A JSD/Madeira considera fundamental que se discrimine positivamente os estudantes madeirenses que se deslocam ao Continente para fins de formação e que esta alteração se traduza numa redução de custos para as famílias madeirenses que têm elementos do agregado familiar a estudar em instituições de ensino superior no Continente.

Considerando que, na próxima Sexta-Feira, o Primeiro-Ministro, José Sócrates, se desloca em visita oficial à Região, tendo o tema da Educação em agenda, a JSD/Madeira espera que esta questão possa ser de uma vez por todas resolvida para bem dos estudantes e das famílias madeirenses.
publicado por JSDMADEIRA às 15:02

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
14
16

17
18
20
21
22
23

24
26
27
28

31


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds