15
Dez 08

 

A Juventude Social-Democrata da Madeira reuniu com três representantes da TAP, nomedamente, Dina Cravo (Representante da TAP na Região Autónoma da Madeira), Paula Canada (Directora de Vendas para Portugal) e André Soares (Comunicação e Relações Públicas).
 
O principal objectivo deste encontro foi apresentar medidas com vista a uma solução para a diminuição dos elevados custos que as deslocações têm representado para as famílias madeirenses, que têm os seus filhos a estudar no Continente.

Por parte da TAP a JSD/M verificou que o entendimento da transportadora aérea é que a questão do subsídio social não cabe a si resolver, mas sim ao Estado, argumentando que está a cumprir a legislação que foi aprovada com a entrada do processo de liberalização da rota aérea.

A JSD no final da reunião tornou público que pretende avançar com uma proposta junto do Ministério do Ensino Superior para permitir a estes estudantes a aquisição de um pacote de viagens a preços mais vantajosos, a exemplo do que é feito hoje pelas operadoras turísticas. O objectivo será definir 4 viagens por ano nas épocas em que constatamos o maior fluxo das deslocações dos jovens estudantes madeirenses.
publicado por JSDMADEIRA às 12:29

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.
subscrever feeds