23
Out 09
 
 
É já uma vitória para o PSD e para a JSD na Europa!
 
 
Foi aprovada, no Parlamento Europeu, a proposta de criação de um Programa Erasmus para o 1º Emprego, que partiu da iniciativa dos eurodeputados social-democratas do PSD que integram o grupo parlamentar do Partido Popular Europeu (PPE).
 
O principal objectivo deste programa é contribuir para o aumento da mobilidade associada à procura de oportunidades de emprego. Consiste essencialmente em alargar o programa Erasmus, já existente no Ensino Superior, aos jovens que não têm este tipo de formação académica, motivando-os a encontrar saídas profissionais na medida em que visa facilitar a procura de emprego em qualquer Estado Membro dos 27.
 
De notar ainda que esta proposta foi uma bandeira que o PSD defendeu na altura da campanha eleitoral para  Parlamento Europeu e constitui já uma grande conquista dos eurodeputados eleitos pelo PSD e, também, para a JSD, estrutura de onde partiu esta ideia a pensar nos jovens e nas dificuldades que encontram na entrada para o mercado de trabalho.
 
A JSD Madeira saúda esta iniciativa e mostra-se satisfeita com a criação deste programa visto que tem vindo desde há muito a defender a mobilidade como solução para os problemas causados pelo desemprego jovem. De entre várias conquistas na Região, é de destacar os Estágios Profissioniais na Europa, concretizados pela Secretaria Regional dos Recursos Humanos, após proposta apresentada por esta estrutura.
 
JSD.. pelos Jovens!
Sempre juntos por Ideais!
publicado por JSDMADEIRA às 09:49

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
30


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.