31
Jan 09
O Governo Regional da Madeira apresentou no passado dia 16 de Janeiro um conjunto de medidas activas de emprego que visam garantir novas e mais oportunidades aos desempregados da Região Autónoma da Madeira.
 
A JSD/Madeira regozija-se com a implementação destas novas medidas sobretudo as alterações introduzidas ao nível dos Estágios Profissionais que aumenta o número de colocações e alargou o escalão etário elegível, alterações estas, que correspondem às propostas que a JSD tinha vindo a se debater sobre este programa de emprego. Em termos concretos, o período de estágio fica alargado de 9 para 12 meses e o limite de idade estende-se de 30 para 35 anos, foi alargado para os portadores de 12º ano não profissionalizante, por seu lado, a taxa de comparticipação do IRE (Instituto Regional de Emprego) aumenta 10% para os estágios em entidades privados.
 
Para além da alteração nos estágios profissionais foram incrementadas alterações nas medidas, Apoio à Criação do Próprio Emprego e Formação/Emprego. No que respeita a novas medidas foram anunciadas o Programa de Incentivos à Contratação, Programa Ocupacional para Desempregados com idade igual ou Superior a 55 anos e o Prémio de Auto-Colocação. As informações mais pormenorizada relativas às novas medidas de emprego a ser implementadas em breve, podem ser consultadas na página do Instituto Regional e Emprego http://www.ire.gov.pt/ .
publicado por JSDMADEIRA às 10:50

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

25
27
29
30


pesquisar neste blog
 
Nota:
A JSD Madeira disponibiliza a funcionalidade de comentário no blog www.juntosporideais.com um espaço livre e aberto à participação de todos os visitantes, para que possam dar contributos, opinião e informação sobre as temáticas colocadas à reflexão.

A JSD Madeira edita os comentários recebidos, respeitando o seu conteúdo, seleccionando-os segundo os critérios - actualidade e interesse. Contudo reserva-se no direito de publicar ou não os comentários que incluam opiniões ofensivas da dignidade e integridade moral de terceiros ou que incluam linguagem obscena.